IASB - Instituto das Águas da Serra da Bodoquena
(67) 3255-1920
iasb@iasb.org.br
Acesso rápido
Instituto das Águas da Serra da Bodoquena
QUEM SOMOS » HISTÓRIA
Acervo 
 Primeira ação realizada na microbacia do rio Mimoso, em Bonito/MS, ano de 2001
Acervo 
 Assembléia IASB, ano de 2004
Acervo 
 Ao longo dos anos diversas ações foram desenvolvidas, envolvendo crianças e adultos
Acervo 
 Ao longo de 10 anos diversas mudas foram plantadas para recuperação de matas ciliares do município de Bonito/MS
Em 1999 um grupo de pessoas de vários segmentos (produtores rurais, pesquisadores, guias de turismo, empresários e moradores ribeirinhos) preocupadas com a situação ambiental de um importante rio do município de Bonito/MS se reuniu buscando encontrar soluções para resolver os problemas diagnosticados. O fruto desta reunião culminou na realização de diversas ações voltadas para a sensibilização e mobilização dos moradores do referido rio. 

Distribuição de sacos de lixo para coleta nas fazendas ao longo do rio e estradas da região; instalação de lixeiras nos postos de combustíveis para recebimento do lixo proveniente da zona rural; produção de mudas nativas para recuperação das matas ciliares; reuniões de conscientização com moradores da região; reuniões de esclarecimentos com o poder público; e, instalação de placas educativas ao longo das rodovias, foram algumas das ações promovidas.

A cada ano o grupo se fortalecia ainda mais, agregando novos simpatizantes. Com atuação constante, viu-se então a necessidade de formalizar o trabalho do grupo, montar uma organização que pudesse angariar recursos financeiros e humanos levando adiante tudo o que vinha sendo feito.

Assim, no ano de 2002 foi criada oficialmente a Associação Amigos do Rio Mimoso voltada para preservação, defesa e conservação da microbacia do rio Mimoso, através de ações que incluíssem reflorestamento de matas ciliares e trabalhos de educação ambiental. Ficou mais conhecida pela comunidade local na sua forma abreviada: Amigos do Mimoso. Os sócios fundadores podem ser conhecidos no link “Diretoria”.

Durante os meses seguintes após sua criação, a Associação Amigos do Mimoso se deparou com diversas situações de degradação em diferentes cursos d´’agua da região. Nas assembleias realizadas, era frequente o relato de algum problema ambiental, fazendo com que os sócios começassem a pensar em ampliar a base de atuação da associação.

Após diversas reuniões e discussões acerca da reformulação do estatuto, no ano de 2004 a Associação Amigos do Rio Mimoso se tornou Instituto das Águas da Serra da Bodoquena - IASB com o objetivo de continuar o desenvolvimento de trabalhos ambientais no rio Mimoso, mas também defender todos os rios da Serra da Bodoquena, inclusive os urbanos.

Vale destacar que a Serra da Bodoquena é a maior extensão de florestas naturais preservada do estado de Mato Grosso do Sul e uma das maiores áreas de floresta estacional decidual do país. É tida como um frágil reservatório de água que abastece todos os municípios de entorno, Bodoquena, Bonito, Jardim e Porto Murtinho, bem como seus atrativos turísticos. Condições peculiares tais como sua localização em áreas de confluência de diversos biomas como o Pantanal, o Chaco, o Cerrado e a Mata Atlântica possibilitaram a extraordinária diversidade de espécies vegetais e animais que ali podem ser encontradas. Reconhecida pela Organização das Nações Unidades para Educação, Ciência e Cultura – UNESCO como Reserva da Biosfera, possui 76.481 hectares de mata protegida inseridos na única unidade de conservação de proteção integral do estado, o Parque Nacional da Serra da Bodoquena. Por meio deste pequeno resumo, está mais do que justificado o fato de se ter uma instituição voltada para a conservação e proteção desta região tão importante.

O IASB, em busca de avaliar o estado ambiental dos rios da Serra da Bodoquena, realizou sobrevoos em várias microbacias para diagnosticar suas condições de conservação, bem como o uso e ocupação do solo. Após levantar os principais problemas, iniciou a elaboração de sua carteira de projetos, voltada para amenizar a situação encontrada. A partir daí, reafirmou sua linha de atuação, focada na promoção da recuperação florestal e da Educação Ambiental. Desta forma, os projetos desenvolvidos pela instituição envolveram e envolvem esses temas por acreditar na importância da manutenção das matas nativas, dos recursos hídricos e na capacidade de mudança do ser humano.

A forma participativa pela qual o IASB desenvolve seus projetos proporcionaram e ainda proporcionam reconhecimento da comunidade local, das instituições privadas e dos órgãos públicos, cuja colaboração foi ativa em todas as atividades desenvolvidas pelo instituto, sendo grandes parceiros e colaboradores do fortalecimento alcançado até os dias atuais.

Fortalecimento este, resultado do empenho de sócios e da diretoria que com afinco e paixão garantem a existência do Instituto das Águas da Serra da Bodoquena por mais de 10 anos promovendo e difundindo a defesa, preservação e conservação dos rios da região da Serra da Bodoquena, respeitando e fazendo respeitar o ecossistema, a biodiversidade e a comunidade envolvida. Conheça todos os representantes do Conselho Diretor do IASB ao longo dos anos no link “Diretoria”.

Para conhecer melhor a instituição, segue abaixo a Linha do Tempo contendo os principais momentos e conquistas que marcaram a história do Instituto das Águas da Serra da Bodoquena, um pequeno resumo do grande trabalho desenvolvido.


Linha do tempo


1999
Mobilização de ambientalistas, moradores ribeirinhos, produtores rurais, empresários, guias de turismo e demais simpatizantes para criação de uma associação em prol da conservação do rio Mimoso, realizando ações ambientais na região;

2001
Distribuição de sacos plásticos e coleta de lixo nas fazendas ao longo do rio, tendo sido visitadas e cadastradas cerca de 120 propriedades;

Instalação de lixeiras nos postos de combustíveis, para recebimento de lixo proveniente da zona rural;

Produção de mudas nativas para recuperação das matas ciliares;

Reuniões com o poder público e proprietários rurais da região do Mimoso;

Limpeza de lixo em rodovias;

Instalação de placas educativas ao longo das rodovias.

2002
Criação oficial da Associação Amigos do Mimoso;

Sindicato Rural de Bonito disponibiliza uma sala para instalação da sede da Associação Amigos do Mimoso.

2003
Ação comunitária para limpeza dos córregos Restinga, Bonito e Marambaia, convocando a população para mudança de atitude em relação aos córregos urbanos da cidade de Bonito;

Início da campanha de conservação do solo, com apoio aos proprietários rurais e parceria com a AGESUL para construção de caixas de retenção ao longo da rodovia Bonito/Bodoquena;

Cadastro da Associação Amigos do Mimoso no COMDEMA - Conselho Municipal de Meio Ambiente de Bonito e no CNEA - Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas, buscando envolver a associação no cenário das entidades atuantes do país e do município de Bonito.

2004
Ampliação da base de atuação da Associação Amigos do Mimoso para Instituto das Águas da Serra da Bodoquena - IASB;

Mudança de sede para Rua Coronel Pilad Rebua, 1186 – Centro, Bonito MS;

Obtenção do título de Utilidade Pública Municipal;

Início do ‘Programa de Implementação e melhoria do Viveiro de Essências Florestais da região da Serra da Bodoquena’, com o apoio do COMDEMA visando otimizar a produção de mudas vegetais nativas para recuperação das matas ciliares e áreas degradadas da região;

Confecção do site do IASB (www.iasb.org.br) para divulgação das ações da instituição;

Realização do 1º e 2º Pedágio Ecológico de Bonito, com o objetivo de divulgar a instituição, conquistar novos filiados e angariar recursos para estruturação do IASB.

2005
Filiação à Rede de Ong’s da Mata Atlântica - RMA para troca de experiências e informações com demais ONG’s e reforçar a existência do Bioma Mata Atlântica no estado de Mato Grosso do Sul e, principalmente, no município de Bonito;

Início do Projeto Bonito para Sempre - Fase I, abrangendo 184 estudantes das escolas públicas e particulares de Bonito com atividades de Educação Ambiental para uma mudança de atitude em relação ao meio ambiente;

Stand de divulgação na Semana do Meio Ambiente com as principais ações realizadas pelo IASB;

Realização da 25ª RETECA - Reunião Técnica com Costela Assada, em parceria com o Sindicato Rural de Bonito e a Embrapa Gado de Corte, levando à produtores rurais informações importantes através da palestra: Como melhorar a rentabilidade da Fazenda através de boas práticas ambientais;

Ampliação da equipe técnica;

Realização do 3º Pedágio Ecológico de Bonito com o objetivo de divulgar as ações realizadas pelo IASB à comunidade bonitense.

2006
Obtenção do Título de Utilidade Pública Estadual;

Início do Projeto Bonito para Sempre - fase II com apoio do COMTUR e demais parceiros visando sensibilizar a população bonitense a respeito das questões ambientais, principalmente sobre o manejo adequado do lixo, os cuidados necessários para evitar o desperdício de água, bem como a importância das matas ciliares;

Início do Projeto Nóssos Córregos, com o objetivo de realizar um diagnóstico sócioambiental junto à comunidade ribeirinha do córrego Restinga buscando obter informações sobre as condições atuais do curso d’água;

Participação no documentário ‘Pátria das Águas’, exibido pela TV Educativa de São Paulo/SP;

O IASB é divulgado na 3ª Edição do Catálogo Brazil for Traverers;

Cadastro no Conselho Estadual de Controle Ambiental - CECA;

Oferta de oficinas de Educação Ambiental e concurso educativo às escolas bonitenses através do Projeto Bonito para Sempre - Fase II;

Os vencedores do concurso educativo tem suas ilustrações divulgadas na Revista Aguapé, Ano VI - nº 10;

IASB realiza a I Edição da Caminhada Ecológica, com distribuição de mudas nativas à população;

Realização da 40ª RETECA, reunindo 200 pessoas. Uma parceria entre o IASB, o Sindicato Rural de Bonito e a REPAMS para levar aos produtores rurais a experiência da RPPN VagaFogo, em Pirinópolis/GO através da palestra: ‘O Caso da RPPN Vagafogo: práticas ambientalmente corretas possibilitando alternativas de renda na propriedade rural’.

2007
Início do Projeto Matas Ciliares, com o apoio da Petrobras, através do Programa Petrobras Ambiental. O projeto implantou e avaliou 5 modelos de recuperação de matas ciliares com base em técnicas ecológicas e economicamente viáveis;

IASB é selecionado para participar do Programa Trainee, da Fundação O Boticário de Proteção à Natureza;

Mudança de sede para Rua Cel. Pilad Rebua, 1.348 - Centro - Bonito, MS;

Realização da 58ª RETECA em parceria com o Sindicato Rural de Bonito e SEMAC/MS, levando para cerca de 100 pessoas a palestra: ‘Recuperação de Matas Ciliares para conservação dos nossos rios’ e ‘Projeto Peixes de Bonito’;

Início do Projeto Sistemas Agroflorestais na recuperação de matas ciliares e geração de renda, com o apoio do Programa PDA Mata Atlântica, Ministério do Meio Ambiente. O projeto tratou da utilização dos sistemas agroflorestais como forma alternativa de recuperação de matas ciliares, visando à diminuição da pressão sobre os remanescentes de florestas nativas e a diversificação das fontes de renda para os produtores rurais;

Ampliação da equipe técnica do IASB;

Renovação do Título de Utilidade Pública Estadual;

Criação do  Programa Plante Bonito para recuperação de matas ciliares via reflorestamento com empresas parceiras e gestão do plantio pelo IASB;

IASB é eleito Coordenador Nacional-Região Sul pela Rede de Ong’s da Mata Atlântica - RMA; 

Oferta de cursos de capacitação à população bonitense através do Projeto Matas Ciliares em parceria com o SENAR/MS e Sindicato Rural de Bonito;

Elaboração do  Planejamento Estratégico do IASB com o apoio do SEBRAE/MS;

Cadastro no Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Miranda - CBH Miranda;

O IASB é divulgado na Revista Análise Gestão Ambiental e na Revista Saneamento Ambiental;

Entrevista para a TVE/RS falando sobre o projeto Sistemas Agroflorestais.

2008
Início do Projeto Bonito para Sempre - Fase III, com apoio do COMDEMA, Projeto GEF Rio Formoso e Centro de Apoio Sócio Ambiental - CASA, visando à aprendizagem e a sensibilização dos alunos e comunidade para as questões ambientais;

Oferta de cursos de capacitação à comunidade bonitense através dos Projetos Matas Ciliares e Sistemas Agroflorestais, em parceria com o SENAR/MS e Sindicato Rural de Bonito;

IASB assina convênio com a Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural - AGRAER;

IASB oficializa parceria para co-execução do Projeto GEF Rio Formoso;

Ampliação da equipe técnica;

IASB participa da Semana Nacional da Mata Atlântica, no Rio de Janeiro/RJ;

IASB realiza a II Edição da Caminha Ecológica com distribuição de mudas e sementes nativas à população;

Realização da II Edição do concurso de histórias em quadrinhos e I Edição do concurso Recicla Fashion;

Lançamento da I Edição do Calendário Ecológico ilustrado com histórias em quadrinhos eleitas em concurso educativo, com tiragem de 700 exemplares;

IASB inicia seu Programa de Estágio;

Participação na reportagem ‘Boas práticas ambientais nas propriedades rurais’, exibida pelo Canal Rural;

Promoção do curso ‘Metodologia de Implantação de SAF’s’ em parceria com a AGRAER e Projeto GEF Rio Formoso;

A Revista Rede pela Mata, com tiragem de 5.000 exemplares, divulga as ações de recuperação florestal desenvolvidas pelo IASB na região da Serra da Bodoquena;

Cadastro na Rede Pantanal.

2009
IASB conquista cadeira no Conselho Consultivo do Parque Nacional da Serra da Bodoquena;

Eleito pela 2ª vez consecutiva Coordenador Nacional- Região Sul e Elo Regional pela Rede de ONG’s da Mata Atlântica - RMA;

Nota de repúdio ao projeto de Lei da Pesca Predatória;

Renovação do Título de Utilidade Pública Estadual;

Apoio à criação do Dia Municipal das Aves em Bonito/MS;

IASB participa de reportagem sobre a Serra da Bodoquena, exibida no Programa Terra da Gente, EPTV/Rede Globo;

Realização, em parceria com a REPAMS e CNRPPN, da palestra: RPPN - seus benefícios para as atividades turísticas, voltada para proprietários rurais e empresários;

Elaboração de metodologia própria para estimar emissões de carbono das atividades empresariais, eventos e publicações;

IASB é citado no Resumo Executivo do Plano Estadual de Florestas do MS como uma das principais ONG’s do estado;

A Revista Análise Gestão Ambiental novamente divulga o IASB entre as 500 ONG’s mais atuantes do país;

IASB participa da Semana Nacional da Mata Atlântica, em São Paulo/SP;



Realização da I Edição do evento ‘Empresários em Ação em comemoração ao Dia da Árvore’, reunindo empresários de diversos setores na recuperação de um trecho de mata ciliar.

2010
Mudança de sede para Rua 24 de fevereiro, 1.507 - Centro - Bonito/MS;

Renovação do convênio com a AGRAER;

Distribuição de 350 exemplares da cartilha ‘Sistemas Agroflorestais: uma maneira de deixar a floresta em pé’ às Salas Verdes de todo o país, através de solicitação do Ministério do Meio Ambiente;

Promoção do Trote Ecológico com calouros dos cursos de Turismo e Administração da UFMS - Campus Bonito, em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, para o plantio de mudas;

Plantio de mudas com participantes do quadro ‘Lar Doce Lar’ do Programa Caldeirão do Huck, transmitido pela Rede Globo de Televisão;

Início da campanha ‘Troco Solidário’ nos atrativos turísticos Recanto Ecológico Rio da Prata e Estância Mimosa Ecoturismo;

Realização da I Edição da Feira Ambiental e Social de Bonito: Conhecer para Preservar!, com o apoio do CASA, COMDEMA, instituições e empresas diversas;

Concessão de Moção de Parabenização ao IASB pela realização da I Feira Ambiental e Social de Bonito: Conhecer para Preservar!;

Início do Programa de Voluntariado do IASB, que, hoje, desenvolve várias atividades com jovens e adultos;

Confecção do Blog: www.plantebonito.blogspot.com, visando divulgar as ações realizadas pelo Programa Plante Bonito;

Cadastro no Conselho Estadual de Controle Ambiental - CECA;

Lançamento da I Edição do marca páginas ‘A Natureza da Serra da Bodoquena’, ilustrado com fotos do fotógrafo Daniel De Granville;

Confecção do banner ‘Aves da Mata Ciliar’ em parceria com os biólogos Daniel De Granville e Tietta Pivatto, com o objetivo de estimular nas crianças e jovens a observação de aves, bem como sua proteção e a do seu hábitat.

2011
Assinatura de Convênio com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul para oferta de estágio a seus acadêmicos;

Ampliação da equipe técnica do IASB através da contratação de duas novas funcionárias, ocupando os cargos do Departamento de Educação Ambiental e Departamento de Recuperação Florestal;

Cadastro no Setor de Tributação da Prefeitura Municipal de Bonito para emissão de nota fiscal eletrônica;

Confecção de uniformes para a equipe técnica;

Carta de apoio à permanência dos cursos presenciais no Campus de Bonito da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul;

A Petrobras, através da seleção pública 2010 do Programa Petrobras Ambiental seleciona dentre mais de 900 projetos, o Projeto Ilhas Verdes para receber recursos no período de 2011/2012;

O Conselho Municipal de Meio Ambiente aprova o projeto II Edição da Feira Ambiental e Social de Bonito: Conhecer para Preservar!, realizado entre os meses de abril/junho de 2011.

Compra de equipamentos: Carro Strada Working Cabine Dupla, com recursos do Projeto Ilhas Verdes; Máquina fotográfica Sony - H55, com recursos do Projeto Feira Ambiental e Social de Bonito; Ferramentas diversas para atividades de campo (enxada, pás, carrinhos de mão, peneiras, capa de chuva, luvas, dentre outros), com recursos do Projeto Ilhas Verdes.

Doação por sócios: Ar Condicionado Springer, 10.000 Btu; Televisor Sony, 20 polegadas; Aparelho de celular LG; HD Externo Toshiba, 512 Mb.

Criação do Blog Ilhas Verdes (www.ilhasverdes.blogspot.com) para divulgação das ações e resultados do Projeto Ilhas Verdes;

Os Blogs Ilhas Verdes e Plante Bonito ficaram entre os 100 finalistas do Prêmio Top Blog - Categoria Sustentabilidade - Blog Profissional. O prêmio em questão reconhece e premia os blogs brasileiros mais populares e com melhor apresentação. Uma importante ferramenta para propagação das ações do IASB;

Cadastro do IASB na Redes Sociais: Facebook,Twitter e You Tube, aumentando a identidade virtual da instituição e sua interação com os internautas;

Envio de Boletim Informativo, denominado Clipping IASB, para associados e simpatizantes cadastrados voluntariamente;

Promoção de duas edições da campanha ‘Pego Aqui Uso Acolá’. Esta campanha tem por objetivo envolver a comunidade na arrecadação de materiais, como garrafas PET, a fim de reutilizá-los nos eventos promovidos pelo IASB, demonstrando como valorizar o que poderia ir parar no lixo.

Participação no Programa Aventuras com Renata Falzoni, exibido pela ESPN Brasil;

Participação na Série EcoRede, uma iniciativa da TV Morena de Televisão, transmitida na Semana do Meio Ambiente;

Entrevista à Rádio Comunitária A Voz do Rincão para divulgar as ações do IASB;

Elaboração do Folder ‘Educando para o Futuro’, patrocinado pela UFMS, demonstrando a importância da conservação da natureza para a economia do município de Bonito e o bem estar da população na visão de jovens alunos do ensino fundamental da Escola Municipal Durvalina Dorneles Teixeira;

Elaboração do Folder ‘projeto Ilhas Verdes’, destacando as ações desenvolvidas nas linhas de recuperação florestal e Educação Ambiental para redução de custos dos plantios e melhoria da qualidade de vida da população;

Elaboração do Calendário Ambiental ‘Nas Linhas da Serra da Bodoquena’, ilustrado com 16 desenhos selecionados por concurso. Tem a finalidade de valorizar as crianças e jovens autores das ilustrações, bem como compartilhar as belezas naturais regionais através do olhar dos estudantes a fim de inspirar na comunidade o compromisso a sua proteção;

Elaboração da II Edição do Marca Páginas ‘A Natureza da Serra da Bodoquena’, ilustrado com fotos do fotógrafo Daniel De Granville, destacando o papel fundamental de plantas e animais para manutenção das florestas e consequentemente da nossa qualidade de vida;

Elaboração do Jogo Educativo ‘Caminhos da Serra’. Uma forma de diversão envolvendo aprendizado e brincadeira!

II Edição da Feira Ambiental e Social de Bonito: Conhecer para Preservar;

II Edição do Empresários em Ação em comemoração ao Dia da Árvore.

O Projeto Sistemas Agroflorestais na recuperação de matas ciliares e geração de renda é certificado como uma Tecnologia Social pelo Banco do Brasil, reconhecendo o trabalho do IASB;

Concessão de Moção de Parabenização ao IASB pela confecção dos Calendários Ambientais 2012.

Membro da equipe multidisciplinar do projeto Planos Municipais da Mata Atlântica, executado pela ONG MiraSerra (RS) com o apoio do Programa PDA Mata Atlântica. O projeto em questão irá ter ações em quatro municípios, incluindo o Mato Grosso do Sul;

IASB participa de reunião para criação do Fórum Regional do Diálogo Florestal de Mato Grosso do Sul, uma iniciativa que reúne empresas do setor florestal e organizações ambientalistas com vistas a construir uma visão comum entre esses setores;

Participação no Pacto pela Restauração da Mata Atlântica, uma iniciativa que visa restaurar 15 milhões de hectares até 2050, articulado entre ONGs, Governo e Empresas;

Início do Programa de Estágio do IASB;

Participação nas eleições de conselhos de relevância nacional: Cadastro Nacional das Entidades Ambientalistas - CNEA; Conselho Deliberativo do Fundo Nacional do Meio Ambiente; Câmera Federal de Compensação Ambiental - CFCA; Conselho Nacional de Meio Ambiente - CONAMA;

Cadastro nos seguintes conselhos e comitês, com vistas à obtenção de cadeira: Comitê da Bacia Hidrográfica do rio Miranda - CBH-Miranda; Conselho do Parque Nacional da Serra da Bodoquena; Conselho Estadual de Recursos Hídricos - CERH;

Indicação, pela Câmara de Vereadores de Bonito, do Programa Plante Bonito à Superintendência dos Correios;

Participação no projeto Expedição Pantanal, desenvolvido pelo Instituto SOS Pantanal visando mapear iniciativas voltadas à sustentabilidade na região da Bacia do Alto Paraguai para, além de conhecê-las, apresentá-las à sociedade e ao poder público.

Promoção da oficina ‘Ilhas Verdes Guiando o Ecoturismo’, dentro do projeto de extensão da UFMS ‘Reeducar Bonito através do Turismo’, voltado para jovens do 8º e º ano do ensino fundamental. Os 80 jovens mobilizados foram responsáveis pelo plantio das primeiras mudas no bosque do campus de Bonito da UFMS;

Promoção do programa ‘Jovens do Futuro’, envolvendo os participantes dos programas sociais ‘Guarda Municipal Ambiental Mirim’ e ‘Guarda Municipal Mirim’ com questões relevantes para a natureza e sociedade;

Promoção da II Edição do Concurso Cultural e Educativo ‘Recicla Fashion, envolvendo escolas públicas e particulares de Bonito;

Promoção do Concurso Educativo ‘Nas Linhas da Serra da Bodoquena’, voltado para estudantes do ensino fundamental, estimulados a mostrar sua visão sobre as belezas naturais da região;

O personagem Biker Repórter começa sua atuação, uma verdadeira sensibilização Ambiental sobre duas rodas;

Doação de mudas nativas durante os eventos promovidos.

2012

Oferta de estágio para aluna do curso de Turismo da UFMS - campus de Aquidauana;

Eleição de nova diretoria - biênio 2012 - 2014;

Parceria com a empresa Controle Vip para doação de 3.000 pulseiras destinadas aos participantes da III Feira Ambiental e Social de Bonito;

Parceria com a UFMS - campus Bonito para organização, condução e realização do cerimonial da III Feira Ambiental e Social de Bonito;

Empréstimo de materiais artesanais para eventos como: 13º Festival de Inverno de Bonito; Exposição O Pantanal é Aqui; Semana da Física da Escola Estadual Bonifácio Camargo Gomes;

Renovação do Título de Utilidade Pública Estadual;

Apoio ao I Encontro de Mountain Bike da Serra da Bodoquena, promovido pela Lobo Guará Bike Adventure;

Confecção de placas de identificação para o escritório, caracterizando melhor a instituição;

Confecção de banner institucional para apresentação do IASB em reuniões, palestras, dentre outros eventos;

Parceria com o ICMBio - escritório Parque Nacional da Serra da Bodoquena para oferta de estágio a dois acadêmicos;

Participação na pesquisa de doutorado de estudante da UFPR ‘Tecnologia Social e seu impacto no desenvolvimento’;

Elaboração e encaminhamento de projetos aos editais Oi, TAM, Brazil Foundation, Fundo Socioambiental CASA e Correios;

Apoio à realização do curso Investigando a Biodiversidade em Sala de Aula, promovido pela REPAMS e WWF;

Envio de ofício à Prefeitura de Bonito, junto com as associações ATRATUR, ABH, ABRASEL e Convention Bureau para solicitação de recapeamento da

veja também
siga no facebook
Loja
Seja voluntário
Calculadora
Siga-nos no Facebook