IASB - Instituto das Águas da Serra da Bodoquena
(67) 3255-1920
iasb@iasb.org.br
Acesso rápido
Instituto das Águas da Serra da Bodoquena
05/07/2017 - 00:00
Zoológico lança primeira carta de serviços em braile do DF
Documento servirá como guia para visitantes com deficiência visual.
Jeferson Silva / IASB
A Fundação Jardim Zoológico de Brasília lançou a primeira carta de serviços ao cidadão em braile do Distrito Federal. Foto: Renato Araújo/Agência Brasília
A Fundação Jardim Zoológico de Brasília lançou a primeira carta de serviços ao cidadão em braile do Distrito Federal. Com ela, visitantes que tenham deficiência visual poderão acessar toda a estrutura do parque em forma de guia e escolher qual é a área que desejam visitar primeiro.

Produzido pela equipe do zoo e transcrito pela Associação Brasiliense de Deficientes Visuais, o documento ficará disponível na entrada e na ouvidoria.

No lançamento, o diretor-presidente da fundação, Gerson Norberto, ressaltou que a carta permite a essas pessoas entender quais são os serviços e os horários de atendimento da instituição. “Parece uma coisa simples, mas abre um mundo para quem não enxerga.”

Um termo de cooperação de acessibilidade entre a Fundação Jardim Zoológico de Brasília e a Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) também foi assinado na solenidade. A parceria será para a criação de um plano que atenda todos os tipos de públicos.

Norberto adiantou que os órgãos vão elaborar uma política interna de acessibilidade, com lançamento previsto para dezembro, no aniversário de 60 anos do parque. “Além de eliminar as barreiras arquitetônicas, o projeto vai oferecer formação continuada para os colaboradores e funcionários melhorarem o atendimento dessas pessoas”, completou.

A diretora-presidente da Agefis, Bruna Pinheiro, disse ser uma grande honra participar dessa iniciativa e garantir um serviço de qualidade. A ideia, segundo ela, é traçar uma rota acessível para que qualquer um visite o zoológico sem qualquer obstáculo.

Além disso, materiais de construção apreendidos pela agência em terrenos onde houve grilagem também serão utilizados para obras emergenciais no parque, como a construção de rampas.
Por CIBELE MOREIRA, DA AGÊNCIA BRASÍLIA
Gostou? Compartilhe!
últimas notícias

Loja
Seja voluntário
Calculadora
Siga-nos no Facebook
Instituto das Águas da Serra da Bodoquena - IASB
Rua 24 de Fevereiro, 1507
Centro - Bonito / MS
CEP: 79290-000
iasb@iasb.org.br
(67) 3255-1920
Redes Sociais