Instituto das Águas da Serra da Bodoquena

O que é o Iasb

Uma organização

Não governamental, sem fins lucrativos

De caráter técnico, científico e ambiental

Criada em Bonito, Mato grosso do sul, por proprietários rurais, empresários, ambientalistas e comunidade ribeirinha com a finalidade de recuperar, conservar e proteger os rios, as matas e a biodiversidade existente na região da Serra da Bodoquena.

Nossa Missão

icon About

Gerir os recursos naturais de forma participativa e sustentável, visando recuperar, conservar e proteger o solo, as matas, os rios e a biodiversidade da região da Serra da Bodoquena, proporcionando melhor qualidade de vida.

Nossa História

Em 1999 um grupo de pessoas de vários segmentos (produtores rurais, pesquisadores, guias de turismo, empresários e moradores ribeirinhos) preocupadas com a situação ambiental de um importante rio do município de Bonito/MS se reuniu buscando encontrar soluções para resolver os problemas diagnosticados. O fruto desta reunião culminou na realização de diversas ações voltadas para a sensibilização e mobilização dos moradores do referido rio.

Distribuição de sacos de lixo para coleta nas fazendas ao longo do rio e estradas da região; instalação de lixeiras nos postos de combustíveis para recebimento do lixo proveniente da zona rural; produção de mudas nativas para recuperação das matas ciliares; reuniões de conscientização com moradores da região; reuniões de esclarecimentos com o poder público; e, instalação de placas educativas ao longo das rodovias, foram algumas das ações promovidas.

A cada ano o grupo se fortalecia ainda mais, agregando novos simpatizantes. Com atuação constante, viu-se então a necessidade de formalizar o trabalho do grupo, montar uma organização que pudesse angariar recursos financeiros e humanos levando adiante tudo o que vinha sendo feito.

Assim, no ano de 2002 foi criada oficialmente a Associação Amigos do Rio Mimoso voltada para preservação, defesa e conservação da microbacia do rio Mimoso, através de ações que incluíssem reflorestamento de matas ciliares e trabalhos de educação ambiental. Ficou mais conhecida pela comunidade local na sua forma abreviada: Amigos do Mimoso.

Durante os meses seguintes após sua criação, a Associação Amigos do Mimoso se deparou com diversas situações de degradação em diferentes cursos d´’agua da região. Nas assembleias realizadas, era frequente o relato de algum problema ambiental, fazendo com que os sócios começassem a pensar em ampliar a base de atuação da associação.

Após diversas reuniões e discussões acerca da reformulação do estatuto, no ano de 2004 a Associação Amigos do Rio Mimoso se tornou Instituto das Águas da Serra da Bodoquena – IASB com o objetivo de continuar o desenvolvimento de trabalhos ambientais no rio Mimoso, mas também defender todos os rios da Serra da Bodoquena, inclusive os urbanos.

Vale destacar que a Serra da Bodoquena é a maior extensão de florestas naturais preservada do estado de Mato Grosso do Sul e uma das maiores áreas de floresta estacional decidual do país. É tida como um frágil reservatório de água que abastece todos os municípios de entorno, Bodoquena, Bonito, Jardim e Porto Murtinho, bem como seus atrativos turísticos. Condições peculiares tais como sua localização em áreas de confluência de diversos biomas como o Pantanal, o Chaco, o Cerrado e a Mata Atlântica possibilitaram a extraordinária diversidade de espécies vegetais e animais que ali podem ser encontradas. Reconhecida pela Organização das Nações Unidades para Educação, Ciência e Cultura – UNESCO como Reserva da Biosfera, possui 76.481 hectares de mata protegida inseridos na única unidade de conservação de proteção integral do estado, o Parque Nacional da Serra da Bodoquena. Por meio deste pequeno resumo, está mais do que justificado o fato de se ter uma instituição voltada para a conservação e proteção desta região tão importante.

O IASB, em busca de avaliar o estado ambiental dos rios da Serra da Bodoquena, realizou sobrevoos em várias microbacias para diagnosticar suas condições de conservação, bem como o uso e ocupação do solo. Após levantar os principais problemas, iniciou a elaboração de sua carteira de projetos, voltada para amenizar a situação encontrada. A partir daí, reafirmou sua linha de atuação, focada na promoção da recuperação florestal e da Educação Ambiental. Desta forma, os projetos desenvolvidos pela instituição envolveram e envolvem esses temas por acreditar na importância da manutenção das matas nativas, dos recursos hídricos e na capacidade de mudança do ser humano.

A forma participativa pela qual o IASB desenvolve seus projetos proporcionaram e ainda proporcionam reconhecimento da comunidade local, das instituições privadas e dos órgãos públicos, cuja colaboração foi ativa em todas as atividades desenvolvidas pelo instituto, sendo grandes parceiros e colaboradores do fortalecimento alcançado até os dias atuais.

Fortalecimento este, resultado do empenho de sócios e da diretoria que com afinco e paixão garantem a existência do Instituto das Águas da Serra da Bodoquena por mais de 10 anos promovendo e difundindo a defesa, preservação e conservação dos rios da região da Serra da Bodoquena, respeitando e fazendo respeitar o ecossistema, a biodiversidade e a comunidade envolvida.

Para conhecer melhor a instituição, segue abaixo a Linha do Tempo contendo os principais momentos e conquistas que marcaram a história do Instituto das Águas da Serra da Bodoquena, um pequeno resumo do grande trabalho desenvolvido.

Contato

Redes Sociais

©2019. Elements Kit. All Rights Reserved.